OBSERVATÓRIO COVID-19

Publicado em 26/03/2020 18h32 Atualizado em 22/10/2021 20h01

covidfaixa2020.png

Diante da emergência da COVID-19, esta página tem como objetivo divulgar as tecnologias que possam ser de utilidade para ações globais e locais e serem capazes de contribuir para solução deste problema, de forma que os atores do Sistema de Inovação brasileiro tenham ferramentas para desempenharem com excelência o seu papel.

 QUADRINHO PATENTE  PRIORITARIO6C4.png 


EDIÇÃO 5

18 a 22 de outubro de 2021 

 Acesse aqui os dados dos pedidos: Planilha de dados

Os processos aqui citados estão disponíveis em Busca Web INPI

 

MEDICAMENTOS

Em 12 de janeiro de 2021, o japonês CHUGAI SEIYAKU KABUSHIKI KAISHA teve a Carta Patente n° BR 112017014067-5 expedida.  A patente de invenção refere-se à composição farmacêutica caracterizada pelo anticorpo receptor de IL-6 SA237 ou regime de dosagem usados para tratar doenças relacionadas a IL-6. As composições farmacêuticas ou regime da presente invenção podem resolver o problema imunogênico de geração de anticorpo anti-fármaco, diminuir os efeitos colaterais, e fornecer uma composição farmacêutica que apresenta efeitos terapêuticos mais altos com menos carga ao paciente, visto que a mesma não expõe o paciente a doses altas. A patente de invenção terá validade de 20 (vinte) anos contados a partir de 26 de fevereiro de 2016.

Em 12 de janeiro de 2021, a empresa suíça NOVARTIS AG e a empresa americana GENENTECH, INC. tiveram a Carta Patente n° PI 0403964-5 expedida. A patente de invenção refere-se à formulação líquida de anticorpos com alta concentração e baixa turbidez caracterizada por compreender anticorpo monoclonal anti-IgE ou proteínas, histidina, arginina e polissorbato. A patente de invenção terá validade de 20 (vinte) anos contados a partir de 29 de março de 2004.

MÁSCARAS

O pedido de patente de invenção n° BR 202020008860-8 da empresa brasileira FIBER TECIDOS TÉCNICOS LTDA foi publicado em 06 de abril de 2021 e teve o trâmite prioritário admitido em 16 de março de 2021 por tratar-se de tecnologia relacionada à covid-19. O pedido refere-se a uma máscara para proteção semifacial moldada em peça única utilizando poliéster, na parte externa, e poliamida, na parte interna, que possibilitam uma flexibilidade e uma capacidade de modelagem conforme a ergonomia do nariz e boca do usuário, que terá total proteção por meio de filtro descartável de TNT, com pelo menos 96% de eficiência, o qual é inserido em um casulo na parte interna do corpo da máscara. O pedido de patente de invenção está pendente de decisão, estando em fase de exame técnico no INPI.

 

OUTROS EQUIPAMENTOS

Em 25 de maio de 2021, a empresa brasileira GR81 CONSULTORIA E PARTICIPACÕES EIRELI teve a Carta Patente n° BR 102020018567-5 expedida.  A patente de invenção refere-se a um dispensador automático de antissépticos cujo funcionamento, além de ser automático, não exige contato do usuário com o dispositivo, ou seja, é feito apenas com a aproximação da mão na parte superior do dispositivo, sem tocá-lo, com  a  palma voltada para baixo ou até mesmo em posição contrária, momento em que uma pequena quantidade de  produto  antisséptico  é  ejetada  atingindo  a  parte  correspondente  da  mão  do  usuário  e,  em  seguida,  as  duas  mãos  são  esfregadas  para  finalizar a higienização das mesmas. A patente de invenção terá validade de 20 (vinte) anos contados a partir de 11 de setembro de 2020.

Em 31 de agosto de 2021, o brasileiro RAFAEL VIANA MENDES teve a Carta Patente n° BR 102020013480-9 expedida. A patente de invenção refere-se a uma superfície de detecção de toque com a capacidade de reconhecer a presença de pontos de contato possuindo pelo menos um emissor de radiação UV com comprimento de onda entre 100 nm e 380 nm capaz de descontaminar a parte externa da área de contato com o operador do dispositivo, tendo um circuito elétrico podendo ser programado o melhor momento em que emissor de radiação será ligado e desligado; caracterizada por poder ser equipado com um refletor para refletir a radiação emitida por pelo menos um e/ou mais emissores de radiação com o intuito de concentrar a radiação em determinada área.  A patente de invenção terá validade de 20 (vinte) anos contados a partir de 30 de junho de 2020.

Em 04 de maio de 2021, a empresa brasileira GOEDERT LTDA teve a Carta Patente n° BR 202020011642-3 expedida.  A patente de modelo de utilidade refere-se a um dispensador dotado de suporte que facilita a instalação de sabonete ou álcool em gel em veículos de transporte coletivo. Este suporte é acoplado as barras de segurança onde as pessoas se seguram durante o transporte. Ele é dotado em sua parte traseira de suporte formado por dois conjuntos, uma já acoplada ao dispositivo de limpeza e outra acopladora, e ambas dispõem em seu formato um semicírculo extenso sobre toda superfície, a qual quando unidas foram um furo passante que será ocupado pela barra de segurança. Reduzindo assim a chance do dispensador cair, virar, ser danificado ou roubado, já que a instalação é feita por chave especial. A patente de modelo de utilidade terá validade de 15 (quinze) anos contados a partir de 10 de junho de 2020.

O pedido de patente de invenção n° BR 102020024049-8 das empresas brasileiras SKA DESENVOLVIMENTO E LICENCIAMENTO DE SISTEMAS LTDA e do HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO S.A. foi publicado em 02 de fevereiro de 2021 e teve o trâmite prioritário admitido em 16 de março de 2021 por tratar-se de tecnologia relacionada à covid-19. O pedido de patente refere-se a um equipamento desenvolvido para realizar simultaneamente as atividades relativas à aplicação de ventilação artificial e aplicação de medicação aerossol em pacientes com necessidades respiratórias, e, por consequência, não permitindo que a medicação aplicada ao paciente entre em contato com o ar do ambiente, evitando a exposição da equipe médica durante a administração do medicamento. O pedido de patente está pendente de decisão, estando em fase de exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 102021002101-2 das empresas brasileiras INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE CONFECÇÕES BELLA MODA LTDA. EPP e SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL – SENAI foi publicado em 06 de julho de 2021 e teve o trâmite prioritário admitido em 20 de julho de 2021 por tratar-se de tecnologia relacionada à covid-19. O pedido de patente refere-se a uma câmara de desinfecção e esterilização de equipamentos e dispositivos médicos hospitalares que compreende um gabinete (10) dotado por um conjunto de lâmpadas UV-C (13) e gerador de ozônio (14) que permitem realizar a higienização e a sanitização de componentes utilizados em equipamentos e dispositivos médicos hospitalares, embalagens e ferramentas manuais. Esta nova forma construtiva apresenta maior segurança aos usuários devido ao sistema de filtragem que garante a retenção de particulados, vírus e bactérias residuais, além de purificar o ar e realizar a dissociação do ozônio em oxigênio. Além disso, o equipamento é dotado por um sistema de automação que permite controlar e gerenciar todo seu funcionamento, permitindo um controle local e remoto via Wi-Fi. O pedido de patente está pendente de decisão, estando em fase de exame técnico no INPI.

Em 29 de junho de 2021 foi admitido o trâmite prioritário do pedido de patente de modelo de utilidade n° BR 202021007999-7 da brasileira PÂMELA GOMIDES DOS REIS GOMES, tendo sido publicado em 06 de julho de 2021. O pedido refere-se a um oxímetro em modelagem pistola com sensor de refletância caracterizado por realizar medições de saturação sanguínea a partir da testa em modelagem pistola. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

 

 

 

 

 


MEDICAMENTO6C2.png VACINA6C2.png TRATAMENTO6C2.png  DIAGNOSTICO6C2.png

RESPIRADOR6C3.png EQUIPAMENTO6C3.png MASCARA6C3.png  TELEMEDICINA6C3.png  

   NORMAS6C1.png