Notícias

órgãos delegados

Inmetro e órgãos delegados aprimoram mecanismo de gestão para melhor atender a população

Publicado em 21/10/2020 16h58 Atualizado em 21/10/2020 16h59
encontro-rede.jpg

Nesta semana (20 e 21/10), o presidente do Inmetro, Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior, diretores e coordenadores reuniram-se, em Brasília, com representantes dos Institutos de Pesos e Medidas. O objetivo foi avaliar a proposta do novo convênio a ser celebrado pelo Inmetro com seus órgãos delegados e garantir o alinhamento necessário para a plena realização das atividades.

Os órgãos delegados são os braços executivos do Inmetro nos Estados e formam a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade (RBMLQ-I). Em um modelo descentralizado de atuação, são responsáveis por verificações e inspeções de instrumentos de medição, pela fiscalização da conformidade dos produtos e pelo controle da exatidão das indicações quantitativas dos produtos pré-medidos. Por meio da atuação da RBMLQ-I, as atividades do Inmetro chegam a todo o país.

Na abertura da reunião, o presidente Marcos Heleno mencionou a importância do diálogo para que o convênio seja executado e os objetivos de ambas partes atingidos. Em seguida, o coordenador-geral da RBMLQ-I, Carlos Otavio Afonso, apresentou a proposta do novo convênio, que foi discutida com os representantes dos órgãos delegados presentes, um de cada região do País.

“Na condição de representante da região Norte e interagindo com todos os Ipem do Brasil, a avaliação que temos é que é um marco nesses 45 anos de relacionamento entre Inmetro e órgãos delegados. Pela primeira vez, nós estamos fazendo um convênio forte, em que vamos garantir minimamente toda a estrutura pra atender a sociedade, em todos os quatro cantos do país. Um convênio feito a várias mãos – o Inmetro em compartilhamento com os órgãos delegados, ou seja, União e Estados em uma mesma direção. Quem ganha é a sociedade, que vai receber um serviço com cada vez mais qualidade”, afirmou Marcio André, presidente do Ipem/AM. Além dele, estiveram presentes Arthur Galdino de Araújo (superintendente do Imeq/PB e representante do Nordeste), Bento Bezerra (presidente do Ipem MT e representante da região Centro-Oeste), Melissa Martinelle (diretora-geral do Ipem/MG e representante do Sudeste) e Rogério Nascimento (presidente do Ipem/PR e representante da região Sul).

O segundo dia de reunião contou com a presença de representantes da Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia: a subsecretária de Supervisão e Controle, Luiza Deusdará e o analista de Comércio Exterior, Edgar Luiz. Foi apresentado para eles o modelo do convênio entre o Inmetro e a RBMLQ-I e eles puderam tirar dúvidas e dar orientações necessárias para que todo o trabalho aconteça de forma eficiente e benéfica para toda a população. “Essa iniciativa aproxima o Inmetro dos Ipems, que são os órgãos que de fato executam o trabalho de fiscalização nas pontas, e trouxe uma melhora muito interessante do ponto de vista de gestão, para entregar resultados para a sociedade”, avalia Deusdará.

O encontro também contou com a participação, por videoconferência, do secretário de Controle Externo da Administração Indireta no Rio de Janeiro, Carlos Teixeira, e de outros integrantes do Tribunal de Contas da União (TCU): o diretor Robson Chagas e o auditor Alcir Cruz.