Notícias

RODOVIAS

Ministro pede engajamento da sociedade amazonense para defender a BR-319

Em reunião com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, Tarcísio Gomes de Freitas assegurou o compromisso do Governo Federal com a pavimentação da rodovia
Publicado em 16/09/2020 20h07

Nesta quarta-feira (16), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, estiveram reunidos, em Brasília, para tratar de ações conjuntas para a garantia das obras de pavimentação e reconstrução da BR-319/AM. A rodovia é uma importante via de ligação entre os estados do Amazonas e Rondônia. Durante o encontro, Freitas pediu engajamento da população do Amazonas na defesa da importância da BR-319 para o estado.

“Está na hora de falar: eu quero a 319. Já fiquei sem esta rodovia por muitos anos. Já gastei muito dinheiro, perdi horas de viagem, horas de vida no atoleiro. Eu não aceito mais que a população fique presa em atoleiro, que os ônibus não consigam andar, que precisem ser puxados por tratores, que as pessoas fiquem sujas de lama e passem três ou quatro dias atoladas, presas”, disse o ministro da Infraestrutura.

Freitas destacou ainda que toda a pavimentação deve ocorrer em equilíbrio com o meio ambiente. “Temos um projeto de engenharia que é muito bom e que, ambientalmente, é muito positivo. Estamos elevando a plataforma e protegendo das águas, aumentando muito a nossa capacidade de drenagem, melhorando os meios fios, vindo com mais obras de artes especiais, com mais pontes, com mais bueiros, com mais passagem de fauna e recuperando a área degradada. Temos que ter a clareza que, do ponto de vista ambiental, o que está sendo feito é o correto” assegurou.

O governador do estado do Amazonas afirmou que a pavimentação da BR-319/AM é “um sonho do povo da região” e agradeceu ao Governo Federal o empenho na recuperação da rodovia. “Não é fácil transpor as barreiras que foram colocadas. A gente precisa começar. E isso o Governo Federal tem feito. A movimentação de máquinas, todos os estudos, todas as intervenções na BR-319 têm trazido uma esperança muito grande para o povo do Amazonas e toda a região”, disse. Segundo Lima, as obras significam “garantir o direito de ir e vir do cidadão”.

PAVIMENTAÇÃO - Na próxima terça-feira (22), o Ministério da Infraestrutura dá a largada para o início da reconstrução de 52 quilômetros da rodovia, com a contratação de empresa para elaborar projeto básico e executivo e realizar as obras de pavimentação e reconstrução do lote C, entre o km 198 e o km 250. A iniciativa vai permitir maior segurança e redução no tempo de viagem para quem passa pela rodovia.

“Ano que vem já vamos ver asfalto novo na BR-319. E, ao mesmo tempo, o processo de licenciamento ambiental está em análise no Ibama para contratarmos os outros 405 quilômetros que restam, o famoso ´Trecho do Meio´. Então, a gente inicia pelo Lote C e, na sequência, a gente licita o ´Trecho do Meio´. Em 2022 vamos ter obras, essa é a nossa expectativa, em toda a extensão da BR-319”, destacou Freitas.


Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Infraestrutura, Trânsito e Transportes