Notícias

COMPETITIVIDADE

“Resultados da pesquisa de opinião do ranking de competitividade reafirmam confiança no país”, diz ministro

Brasil melhora sua posição em todos subíndices de transporte na pesquisa de opinião do ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial
Publicado em 19/11/2020 21h03

 

Em mais um dia de debates no 2º Seminário de Competitividade, evento promovido pelo Ministério da Infraestrutura, em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC), o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, avaliou os resultados da pesquisa de opinião do ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial realizada com empresários brasileiros. “O Brasil subiu em todos subíndices de transporte na pesquisa. Em um ano ganhamos 18 posições em aeroportos, 13 em portos, 8 em rodovias e 1 em ferrovias e vamos subir ainda mais”, comemorou o ministro.

O Índice de Competitividade Global – Subíndice de Infraestrutura de Transportes, calculado pelo Fórum Econômico Mundial, é utilizado para medir o alcance da visão de futuro do MInfra. A meta da Pasta é levar o Brasil à liderança do ranking em infraestrutura de transportes.

Para Freitas, os resultados demonstram que o empresariado no Brasil está percebendo as transformações que vêm sendo realizadas na infraestrutura do país. “Reafirmo a confiança no Brasil e tenho certeza que vamos caminhar a passos largos para isso (liderança na América Latina). Por isso, estamos muito felizes com os resultados com a pesquisa de opinião”, avaliou o ministro.

CONCESSÕES – Durante o evento, o ministro destacou os principais ativos que devem ser transferidos para a iniciativa privada no próximo ano e reforçou a confiança em relação à meta financeira traçada no início da sua gestão. “Estamos caminhando a passos largos para contratar até 2022 os 250 bilhões de reais que nós tínhamos planejado. Agora, mais do que nunca, essa é uma meta possível e que realmente nós vamos chegar”, finalizou.

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Infraestrutura, Trânsito e Transportes