Notícias

Ministério realiza a primeira edição da Reunião de Avaliação da Estratégia

Publicado em 16/12/2019 21h34 Atualizado em 20/08/2020 12h07

 

Durante o encontro, autoridades da Pasta e das entidades vinculadas fizeram balanço e deliberaram sobre melhorias na gestão para 2020

RAE 2

Com o objetivo de realizar um balanço das ações de 2019, aprovar os Programas da Pasta e deliberar sobre a metodologia e governança do monitoramento da estratégia do Ministério, a Secretaria-Executiva do Ministério da Infraestrutura, por meio da Subsecretaria de Gestão Estratégica e Inovação (SGEI), realizou, na última sexta-feira (13), em Brasília, a 1ª Reunião de Avaliação da Estratégia (RAE). O encontro reuniu autoridades de todas as secretarias da Pasta e de suas entidades vinculadas. 

RAE 1Segundo o secretário-Executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, a intenção da reunião era realizar um balanço das entregas realizadas em 2019 e iniciar o alinhamento estratégico para 2020. “Temos um grande objetivo estratégico: colocar o Brasil na liderança em competitividade na América Latina. Em 2019 tivemos grandes avanços e entregas, o que reflete a busca por essa liderança”, destacou Sampaio. “A intenção é que em 2020 possamos manter essa performance com método, disciplina e trabalho para atendermos às expectativas da sociedade”, completou.

Durante a reunião, foram aprovados os 28 Programas Estratégicos, agrupados sem 6 eixos temáticos. Esse portfólio foi consolidado desde o lançamento do Mapa Estratégico do Ministério, em abril deste ano, quando se iniciou o processo de desdobramento da estratégia, que envolveu 20 oficinas realizadas em todas as secretarias, subsecretarias e unidades vinculadas, com mais de 200 participantes. Após o desdobramento, 35 Programas passaram pelo processo de estruturação pelos respectivos líderes, que definiram objetivos, indicadores, metas e carteira de projetos para os mesmos. Durante o processo de estruturação, houve reagrupamento e consolidações de iniciativas, até culminar na estrutura aprovada, considerada madura pelos participantes.  

A metodologia e governança do monitoramento da estratégia aprovada contará com quatro RAEs setoriais e uma ministerial, num ciclo trimestral. As RAEs dos setores de Transportes Terrestres, Aviação Civil, Portos e Transportes Aquaviários, além de uma Transversal, contarão com autoridades das secretarias e das vinculadas participantes do setor, que deliberarão sobre resolução de entraves à consecução dos Programas e correção de rumo para alcance dos objetivos estratégicos.

portos 1712

Estiveram presentes autoridades, líderes de programa e servidores de todas as secretarias que compõem o Ministério da Infraestrutura. Entre eles, os secretários Ronei Glanzann (SAC), Diogo Piloni (SNPTA), Natália Marcassa (SFPP), Rodrigo Cruz (secretário-Executivo adjunto) e Fernando Coelho (SGEI).

Também participaram representantes das entidades vinculadas à Pasta: Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura