Notícias

REVALIDA

Inep prorroga prazo para inscrição no Revalida 2020

Sistema ficará aberto até 5 de outubro. Inscritos devem anexar diploma de graduação em medicina expedido por instituição de educação superior estrangeira
Publicado em 30/09/2020 13h25

Para garantir a inscrição no exame, é necessário cumprir todas as exigências estabelecidas no edital. Crédito: PexelsInteressados em participar do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020 têm até 23h59 (horário de Brasília) da próxima segunda-feira, 5 de outubro, para finalizar a inscrição. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou o prazo com o objetivo de manter o compromisso e garantir a participação de todos os interessados, que podem se inscrever exclusivamente pela internet, no endereço revalida.inep.gov.br. 

Para garantir a inscrição no exame, é necessário cumprir todas as exigências estabelecidas no edital. O Inep orienta que os inscritos confiram os dados e os documentos anexados no sistema para garantir a confirmação da inscrição. 

Só pode se inscrever no Revalida quem for portador e apresentar, no ato da inscrição, diploma de graduação em medicina expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo da Convenção sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros, promulgado pelo Decreto n.º 8.660, de 29 de janeiro de 2016. Não serão considerados válidos para inscrição declarações de conclusão de curso ou documentos congêneres.

O diploma deverá ser digitalizado, frente e verso, como solicitado pelo sistema de inscrição, em formato PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB. Qualquer outro documento não substitui o diploma solicitado. 

Login único – Os participantes do Revalida 2020 precisam se cadastrar no portal do Governo Federal, no endereço eletrônico acesso.gov.br. O login e a senha, únicos para todos os serviços federais, serão necessários para acessar a Página do Participante do Revalida, em que é possível acompanhar a situação da inscrição e fazer inclusões ou alterações, se necessárias.

O cadastro no portal gov.br garante maior segurança e transparência no acesso aos sistemas. Esse é um processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. Só é necessário se cadastrar uma vez para ter acesso liberado para todos os serviços.

Taxa de inscrição – O valor da taxa de inscrição na primeira etapa do Revalida 2020 é de R$ 330, conforme item 6.1 do Edital n.º 66, de 10 de setembro de 2020. 

Caso seja aprovado na primeira etapa de avaliação, o participante deverá se inscrever para a segunda etapa e emitir novo boleto para pagamento da taxa de inscrição, cujo valor será divulgado em edital específico.

Passo a passo – O Inep disponibilizou, em seu portal oficial, um passo a passo sobre como realizar a inscrição. No tutorial, é possível conferir como inserir ou alterar informações, anexar o diploma e outros documentos. O portal também conta com uma página voltada às respostas das perguntas frequentes sobre o exame.  

Prova – A primeira etapa do Revalida 2020 será aplicada no dia 6 de dezembro, com uma prova teórica dividida em duas partes aplicadas no mesmo dia. Pela manhã, devem ser resolvidos 100 itens objetivos. Na parte da tarde, os participantes precisam responder 5 questões discursivas. 

Segunda etapa – Somente os aprovados nas provas teóricas do exame podem participar da segunda etapa. No entanto, uma novidade será implementada nesta edição do exame: quem reprovar na segunda fase poderá se reinscrever diretamente nesta etapa, nas próximas duas edições consecutivas — anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início. Diretrizes, procedimentos e prazos da segunda etapa serão publicados, posteriormente, em edital próprio.

Adiamento – A prorrogação da aplicação do Revalida foi determinada no contexto dos protocolos de saúde pública para o enfrentamento à pandemia de COVID-19. A imposição de distanciamento social exigiu o desenvolvimento de novas regras para permitir a presença coletiva de participantes e da equipe de aplicação no dia de realização das provas. 

Revalida – O exame é aplicado pelo Inep desde 2011 e tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridos para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país. A revalidação do diploma é responsabilidade das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Confira o passo a passo para a inscrição

Acesse o Perguntas Frequentes do Revalida 

Acesse o Sistema Revalida 

Acesse o autoatendimento em caso de dúvidas

 

Assessoria de Comunicação Social do Inep

Educação e Pesquisa