Notícias

AVALIAÇÃO IN LOCO

Inep inclui novos docentes no banco de avaliadores

Ao todo, 233 docentes passam a constituir o Banco Nacional de Avaliadores do Sinaes. Professores participaram de capacitação em setembro e outubro de 2021
Publicado em 23/11/2021 17h13
Colaboradores: Larita Arêa

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) homologou, nesta terça-feira, 23 de novembro, por meio da Portaria n.º 546/2021, a inclusão de 233 docentes para o Banco Nacional de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis). Os professores serão responsáveis por realizar avaliações externas de instituições de educação superior e de cursos de graduação.

Os novos docentes do BASis fizeram parte das cinco primeiras turmas de capacitação do Edital n.º 73/2020. Ao todo, foram convocados 413 professores da educação superior para os treinamentos, que ocorreram em setembro e outubro de 2021.

Na sequência, o Inep convocou mais 440 docentes para participarem de cinco novas turmas de capacitação. Esse grupo concluirá o treinamento na próxima sexta-feira, 26 de novembro. Somente os docentes aprovados no curso estarão aptos para compor o banco de avaliadores.

A seleção de docentes para o processo de capacitação para composição do BASis ocorre de acordo com as demandas de avaliações da Diretoria de Avaliação da Educação Superior do Inep.

Capacitação – As capacitações para o BASis são formadas por cinco módulos, que abordam legislação correspondente à avaliação, instrumentos e procedimentos avaliativos, nova modalidade de avaliação virtual in loco e ética. Ao longo do curso, são realizadas quatro atividades avaliativas. Ao final, os docentes entregam uma atividade específica, que simula a elaboração de um relatório de avaliação.

Avaliação in loco – O Inep é responsável pela avaliação externa in loco de instituições de educação superior e cursos de graduação. O objetivo é garantir a qualidade do ensino ofertado nesse nível educacional, além de ser um dos pilares avaliativos constantes na Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O processo se baseia nos referenciais básicos para as regulações e as supervisões da educação superior.

Em 26 de abril de 2021, o Inep iniciou a avaliação externa virtual in loco, utilizando a mesma metodologia da avaliação presencial e mantendo o mesmo rigor acadêmico, técnico e metodológico das análises institucionais e de cursos de graduação. Os cursos de medicina, odontologia, enfermagem e psicologia permanecem com o modelo de avaliação presencial.

As avaliações também servem como subsídio para a informação, por parte da sociedade, sobre a qualidade do ensino superior ofertado no Brasil. A avaliação institucional ocorre para que as instituições possam ser credenciadas, recredenciadas ou tenham suas organizações acadêmicas transformadas, conforme decisão do Ministério da Educação (MEC). Do mesmo modo, o processo avaliativo dos cursos acontece para que as graduações ofertadas possam ser autorizadas, reconhecidas, assim como ter renovação de reconhecimento conferida.

 

Confira a Portaria n.º 546/2021

Saiba mais sobre o BASis

Saiba mais sobre a Avaliação in loco

 

Assessoria de Comunicação Social do Inep

Educação e Pesquisa