Notícias

Gestão

Sávio Andrade Filho, Servidor do Ministério da Defesa, assume a Diretoria-Geral da IN

Sávio Andrade Filho, servidor do Ministério da Defesa, assume a Diretoria-Geral da Imprensa Nacional. Novo titular é advogado, tem experiência acadêmica internacional e traz em seu currículo destacada atuação na área de defesa dos Direitos Humanos.
Publicado em 20/05/2021 14h53
Sávio Andrade Filho - Diretor-Geral da Imprensa Nacional

Sávio Andrade Filho - Diretor-Geral da Imprensa Nacional

Novo titular é advogado, tem experiência acadêmica internacional e traz em seu currículo destacada atuação na área de defesa dos Direitos Humanos

Sávio Luciano de Andrade Filho, advogado, é o novo Diretor-Geral da Imprensa Nacional. A portaria de nomeação foi publicada na edição de quinta-feira, 13 de maio, do Diário Oficial da União (DOU).

Andrade Filho é servidor do Ministério da Defesa desde 2007, onde atuou como assessor jurídico no gabinete do Ministro. Como representante da pasta, foi conselheiro da Comissão de Anistia (março a outubro de 2019), à qual se juntou por ocasião da reformulação dessa instância promovida pela ministra Damares Alves, titular do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Em 2020 assumiu a presidência rotativa anual do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (CNPTC), na condição de representante do Governo Federal/Ministério da Defesa.

O trabalho na área de Direitos Humanos vem de longa data no currículo de Andrade Filho. Já em 2010 coordenou as ações do Governo Federal junto ao Grupo de Trabalho Tocantins/Grupo de Trabalho Araguaia, nos Estados do Pará e Tocantins, onde foram exumados restos mortais de possíveis integrantes da Guerrilha do Araguaia.

Além disso, atuou como representante do Estado brasileiro junto ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos, em especial nas ações perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH) e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

A carreira na área jurídica é um legado familiar para Andrade Filho. Ele é neto da desembargadora Lila Pimenta Duarte, cujo nome batizou o Memorial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), onde serviu nas varas Cível, de Família e de Acidentes de Trabalho, tendo sido promovida à desembargadora em 1992, tornando-se a primeira mulher a integrar o pleno do TJ. Lila faleceu em agosto de 2002, aos 79 anos, vinte e cinco deles dedicados à magistratura.

Andrade Filho formou-se pela Universidade Paulista (Unip), de Brasília, em 2006. Anteriormente, em 2001, concluiu o curso de Estudos de Negócios pela Universidade da Califórnia (UCLA). Este ano, especializou-se, também, em Direito Internacional dos Conflitos Armados pela Escola Superior de Guerra (ESG).

Ariosto Culau (E), ex-diretor-geral, conduz encontro de trabalho na qual apresentou os desafios de cada área da IN

Ariosto Culau (E), ex-diretor-geral, conduz encontro de trabalho na qual apresentou os desafios de cada área da IN

O convite para assumir a IN surgiu, também, devido à experiência nas ações relacionadas à Lei de Acesso à Informação (LAI), onde, como representante do Gabinete do Ministro, participou da implantação e adequação normativa junto à Pasta. Ainda, teve destacada atuação na Presidência da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos Sigilosos (CPADS) do Ministério da Defesa e na transferência para o Arquivo Nacional do acervo do extinto Estado Maior das Forças Armadas (EMFA).

 Na segunda-feira, dia 17 de maio, na parte da tarde, o Sávio reuniu-se com as coordenações-gerais e a assessoria, quando assistiu a uma apresentação a respeito das atividades e dos projetos de cada área da Imprensa Nacional. O ex-Diretor, Ariosto Culau, participou do encontro de transição da gestão e pontuou os principais desafios da Casa.