Notícias

GESTÃO DE PESSOAS

Governo lança canal único e digital de atendimento a servidores públicos federais

O SouGov.br dará acesso a cerca de 50 serviços voltados à gestão de pessoas na Administração Pública Federal
Publicado em 04/05/2021 17h06 Atualizado em 04/05/2021 17h23

A transformação digital do governo federal chega à gestão de pessoas da Administração Pública com o lançamento, nesta terça-feira (4/5), pelo Ministério da Economia, do SouGov.br, um novo e mais moderno canal de atendimento que reunirá em um só lugar todos os serviços relacionados à vida funcional dos servidores públicos do Poder Executivo Federal.

A novidade alcança também os servidores aposentados e os pensionistas. São 1,3 milhão de usuários e mais de 14 mil servidores da área de Gestão de Pessoas beneficiados com a nova ferramenta tecnológica. Atualmente, os servidores têm diversos canais para acessar os serviços, assim como as unidades de Gestão de Pessoas para atendê-los, como, por exemplo, o Sigepe Mobile, Sigepe Web, Sigepe Gestor, e-mail e Sistema Eletrônico de Informações (SEI), entre outros.

O SouGov.br faz parte de um amplo trabalho de transformação digital desenvolvido pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia (SEDGG/ME) para modernizar a gestão de pessoas na Administração Pública Federal.

“Com o SouGov, o objetivo é resolver o excesso de requisitos e canais, acelerar o tempo e a qualidade de atendimento e expandir a oferta de serviços digitais, tornando o SouGov.br um canal único para direitos e benefícios gerados em função da relação de trabalho com a Administração Pública Federal”, explica o secretário da SEDGG, Caio Mario Paes de Andrade. “Vamos transformar a experiência do servidor com a gestão de pessoas do governo federal, gerando uma maior e melhor conectividade.”

Neste primeiro momento, o SouGov.br vai oferecer 24 serviços, incluindo todos os disponíveis no Sigepe Mobile – atual aplicativo que será desativado em breve – além de outros serviços digitais inéditos, como o envio de atestado médico, a solicitação de auxílio-transporte e a prova de vida.

Gradativamente, os serviços hoje disponíveis no Sigepe Banco de Talentos e Sigepe Gestor também serão migrados para o novo aplicativo. Além disso, serão oferecidos 20 novos serviços pelo SouGov.br, totalizando cerca de 50 serviços exclusivos para os servidores públicos federais em um só lugar até setembro de 2022.

O novo aplicativo foi construído para ser uma ferramenta simples, intuitiva e acessível. Foram realizados testes de usabilidade com os diversos públicos para melhorias do SouGov.br, em especial para o público mais idoso. Também foi criada uma assistente virtual, a Sol, para responder todas as dúvidas dos servidores federais ativos, aposentados, pensionistas e anistiados.

“Vejo, num futuro próximo, o Estado funcionando como um ente quase que totalmente digital. A transformação digital do Estado está acontecendo e vai se aprofundar. Tudo o que transformamos em digital nunca mais volta para trás. É irreversível. E assim estamos nos adaptando às transformações que o mundo exige e preparando o futuro da Administração Pública, o que certamente vai impactar num atendimento de excelência para todos os cidadãos”, diz o secretário da SEDGG.

O SouGov.br foi desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) – principal parceiro do governo na transformação digital do Brasil. “A transformação digital não é apenas a migração de processos para o meio eletrônico, mas uma mudança cultural de desburocratização dos serviços da Administração Pública para o cidadão. É a ressignificação da relação entre os brasileiros e o Estado, oferecendo soluções digitais inteligentes, mais simples, ágeis e seguras, para facilitar a vida de todos", avalia o presidente do Serpro, Gileno Barreto.

Unidades de Gestão de Pessoas

Para as unidades de Gestão de Pessoas, serão cerca de 40 serviços automatizados. Os gestores terão acesso a uma gama de instrumentos e informações sobre a força de trabalho da Administração Pública Federal. “Isso vai ajudá-los na tomada de decisões e na construção de uma política de gestão de pessoas mais moderna e eficiente. Assim, o trabalho fica mais simples e ágil. Os processos internos de pessoas serão padronizados e automatizados, o que significa um melhor aproveitamento da força de trabalho e dos recursos públicos federais para outras demandas”, esclarece o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, Leonardo Sultani.

De acordo com ele, tudo o que puder ser feito para melhorar a vida dos servidores que trabalham na área de Gestão de Pessoas e para o usuário final será feito. “Temos conduzido uma série de ações no âmbito do órgão central do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec) para que possamos refletir em nossas políticas, programas, sistemas e processos aquilo que realmente é mais adequado para fazer uma gestão de pessoas menos operacional, menos burocrática e mais efetiva e eficiente”, completa o secretário.

Acesso Único Gov.br

Para se conectar ao SouGov.br, o servidor deve possuir uma conta Gov.br.

O login único do governo federal (acesso.gov.br), que já dá acesso a mais de 1.000 serviços públicos digitais, também será a chave de acesso para todos os serviços de gestão de pessoas.

Uma das maiores plataformas de governo do mundo, o Portal Gov.br alcançou, na semana passada, 100 milhões de usuários cadastrados.

Veja os principais dados da transformação digital do governo:

• 100 milhões de pessoas já cadastradas no Gov.br.
• 1.286 serviços do governo federal digitalizados desde janeiro de 2019. Durante a pandemia (desde março/2020), já foram 713.
• Estimativa de economia com a digitalização: mais de R$ 2,2 bilhões por ano, sendo R$ 1,7 bilhão para a população e aproximadamente R$ 540 milhões para o governo.
• Hoje, 67% dos mais de 4,2 mil serviços do governo federal são digitais e recebem 68% de avaliações positivas.
• Bancos já integrados ao Gov.br: Banco do Brasil, Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), Bradesco, BRB, Caixa, Santander e Sicoob (este último se denomina instituição financeira cooperativa).
• 13 unidades da Federação e 74 municípios integrados ao Gov.br. 

Acesse a lista completa dos serviços disponíveis no SouGov.br

Assista ao lançamento do SouGov.br: