Notícias

preço dos medicamentos

Deputados da CPI dos Medicamentos fazem visita técnica ao Hospital Universitário

Publicado em 23/06/2021 12h11
IMG_0169.JPG
IMG_0172.JPG
IMG_0176.JPG
IMG_0178.JPG
IMG_0186.JPG
IMG_0200.JPG
IMG_0201.JPG

 

Na manhã de quarta-feira (23), três deputados estaduais que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito dos Medicamentos e Insumos Covid-19 da Assembleia Legislativa do RS realizaram uma visita técnica no Hospital Universitário de Santa Maria.

Os deputados Dr. Thiago Duarte (presidente da Comissão), Clair Kuhn (vice-presidente) e Faisal Karam (relator) começaram a percorrer o Estado há cerca de um mês. Esse foi o terceiro roteiro de visitas aos hospitais no interior. Além de Santa Maria, onde também irão conversar com a administração do Hospital Regional e da Casa de Saúde, os deputados irão hoje a Faxinal do Soturno, Agudo, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

Os integrantes da CPI estão investigando possíveis irregularidades, ilegalidades, crimes no aumento de preços de medicamentos e insumos do chamado “Kit intubação”. Para isso irão ouvir gestores de todos hospitais gaúchos, além de representantes de distribuidoras de medicamentos. A CPI – criada em abril - tem prazo de 120 dias, prorrogáveis por mais 60.

No HUSM, os deputados foram recebidos pelo gerente Administrativo João Batista de Vasconcellos, que respondeu todas as dúvidas da CPI. O gerente apresentou planilhas com o histórico dos preços de medicamentos adquiridos pelo hospital, desde antes da pandemia, e afirmou que o hospital enfrentou e até enfrenta dificuldades no abastecimento dos medicamentos do kit intubação, mas que até o presente momento nunca chegou a faltar nenhum destes medicamentos, apesar de sua UTI COVID estarem sempre lotados.

- Nosso objetivo aqui hoje é corrigir o que houve no passado e fazer com que no futuro não ocorram situação de aumento exorbitante nas medicações como temos visto. São aumento de mais de R$ 5,4 mil em alguns hospitais. Felizmente, essas distorções nós não encontramos aqui (no HUSM) por conta do planejamento estratégico que a instituição tem e que teve condições de fazer uma compra antecipada. – afirma o Deputado Thiago Pereira Duarte, presidente da CPI.

O deputado disse ainda que os aumentos abusivos no preço dos medicamentos acabam colocando em risco a saúde dos pacientes e a situação financeira dos hospitais. E, se houver um prejuízo nos hospitais filantrópicos, as instituições públicas ficarão sobrecarregadas.

As reuniões da CPI dos Medicamentos e Insumos Covid19 acontecem, semanalmente, nas segundas-feiras, às 14h30, e são transmitidas ao vivo pelos canais da TV Assembleia. Nas quartas-feiras e/ou quintas-feiras são realizadas as visitas técnicas, principalmente em hospitais com UTIs.

- A ideia é termos uma visão global do Estado para traçarmos um cenário, buscar materialidade e autoria dos fatos, indiciar, punindo exemplarmente esses grupos. E construir uma ação legislativa, projetos de lei, capaz de proteger a sociedade desses grupos que tomaram de assalto a questão de medicamentos no setor público e privado do Estado – Deputado Thiago Pereira Duarte, presidente da CPI.

O gerente Administrativo João Batista, salienta a importância da visita dos deputados ao hospital, seja pelo objetivo principal, no caso a busca de informações a respeito do abastecimento dos medicamentos do kit intubação, seja pela oportunidade dos deputados conhecerem o Hospital Universitário de Santa Maria e o atendimento de excelência que prestamos a comunidade da região centro-oeste do Rio Grande do Sul. Aproveitando a visita foi mostrado aos deputados os novos angiógrafo e tomógrafo do hospital, além dos novos prédios da Central de UTIs e Central de laboratórios.