Notícias

Imunização

Puérperas da MEJC recebem vacina contra a Covid-19

Mães internadas na instituição pós nascimento dos seus filhos, são imunizadas através de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Natal
Publicado em 17/06/2021 16h17 Atualizado em 18/06/2021 11h36
Puérperas da MEJC recebem vacina contra a Covid-19

A Maternidade Escola Januário Cicco, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN), vinculada à Rede Ebserh/MEC, através da Vigilância Epidemiológica Hospitalar, fechou acordo com a Secretaria Municipal de Saúde para imunizar as puérperas da casa com a vacina contra a Covid-19. No acordo, a maternidade envia diariamente, a lista para a SMS com 3 (três) puérperas elegíveis a receber o imunizante. A parceria visa vacinar todas as mães que se enquadram nos parâmetros da campanha.

“A medida serve de proteção para as mães, os bebês e profissionais da instituição, afirma Maria da Guia de Medeiros Garcia, gerente de atenção à saúde da MEJC.

Os profissionais da MEJC realizam uma busca ativa para vacinar a mãe oriunda da enfermaria Canguru ou Mãe Acompanhante, essa precisa confirmar o interesse em receber a dose. Todo dia o nome de três mães é enviado para a SMS, que sob a tutela da coordenadora do núcleo de imunização do município de Natal, Veruska Ramos Torres, organiza um espaço no “drive” da vacina localizado no Palácio dos Esportes, em Natal. A maternidade disponibiliza o transladado das puérperas.

Maria José Barbosa das Costa, residente em Natal, no Bairro Dixsept Rosado, desde o dia 8 (oito) de maio é uma das mães, pacientes da MEJC, que foi imunizada. Maria comenta quanto ao sentimento de segurança que a vacina proporciona. “Preciso visitar meu bebê que está na UTI e, com a vacina, eu fico mais tranquila”, afirma.

O Núcleo de Vigilância Hospitalar da MEJC trabalha para que até o fim do mês de junho todas as puérperas da casa estejam vacinadas.

Sobre a Rede Ebserh

A MEJC faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde agosto de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.