Notícias

SAÚDE PÚBLICA

MEAC oferece atenção integral a adolescentes grávidas

Publicado em 05/02/2021 12h07 Atualizado em 05/02/2021 14h35
Melissa

Na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC), referência na assistência à gravidez na adolescência, a média mensal foi de 50 meninas sendo mães em 2020. A instituição, do Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh, é sempre lembrada pelas boas práticas no acompanhamento desse tipo de gestação, pois possui um ambulatório pioneiro no Brasil, exclusivo para atendimento de adolescentes, desde 1987. No Serviço, é prestada assistência em ginecologia, obstetrícia e planejamento familiar, além do programa Superando Barreiras, que atende pessoas vítimas de violência sexual. Somente no ano passado, houve 2.942 atendimentos no Ambulatório do Adolescente da MEAC.

A primeira Semana de fevereiro foi escolhida como a Semana Estadual de Prevenção da Gravidez na Adolescência no Ceará, instituída pelo projeto de lei 182/20, de autoria da deputada Érika Amorim (PSD). O objetivo é disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas para a redução da incidência da gravidez nesse período da vida da mulher, além de informar adolescentes entre 10 e 20 anos de idade sobre métodos contraceptivos.

A deputada veio à Maternidade-Escola Assis Chateaubriand na manhã desta quarta-feira (03), onde foi recebida pela Dra. Zenilda Bruno, chefe da Divisão Médica. O objetivo da visita foi conhecer a estrutura e a rotina de atendimentos, saber quais serviços são oferecidos e quais as carências que ainda existem, isso para ter mais conhecimento e embasamento na criação de leis de saúde pública.

Na ocasião, a parlamentar conheceu o Ambulatório do Adolescente, onde conversou com a médica Maria Tereza Dias, chefe do Ambulatório, e com a médica Débora Britto, coordenadora do Superando Barreiras. Érika Amorim acompanhou o atendimento de uma adolescente que estava implantando um método anticonceptivo de longo prazo (LARCs), hoje o método mais recomendado para adolescentes no mundo, e consentiu sua presença. Para finalizar a visita, a deputada foi à Gerência de Atenção à Saúde, onde apresentou seus projetos para o médico Edson Lucena, Gerente de Atenção à Saúde da MEAC.

“O que mais me chamou a atenção foi o Programa Superando Barreiras. Pretendo promover a expansão para o interior e macrorregiões do Ceará do serviço oferecido, com a criação de delegacias infanto-juvenis. Para a Dra. Zenilda Bruno, foi importante a visita da parlamentar, sendo uma oportunidade de mostrar a atuação do Ambulatório, buscar melhorias e encontrar soluções: “Esse tipo de gravidez induz a um ciclo vicioso de pobreza e baixa escolaridade. O trabalho do Poder Legislativo é de extrema importância, porque é lá onde nascem as leis e precisamos estar alinhados para, por exemplo, conseguir a disponibilização dos LARCs para todas as maternidades que atendem adolescentes”, afirmou.