Notícias

“Fui a primeira paciente diagnosticada com Covid no HU”

Publicado em 11/09/2020 12h11
Jane HU-UFSC.jpeg

Eu vim para passar férias na casa da minha filha e comecei a sentir uma tosse seca. Três dias depois, não conseguia mais comer e cinco dias depois comecei a ter febre até que ela me levou para o posto de saúde, me medicaram e mandaram para casa. No domingo, 5 de abril, recebi a orientação de procurar o HU. Fui direto para lá e na mesma hora fizeram os exames e fui diagnosticada com Covid-19. Fui a primeira paciente diagnosticada com Covid no hospital.
Logo depois de medir o nível de oxigênio e fazer o exame, a pessoa que me atendeu disse que eu não poderia ir para casa, porque estava com coronavírus e aí fiquei internada do dia 5 de abril até 7 de maio, sendo que fiquei 15 dias na UTI.
Não me senti assustada porque estava vindo do exterior e lá já tinha a pandemia. Além disso, o atendimento foi excelente, recebi todos os cuidados e todas as orientações que precisava. Eu tive muito problema com alimentação, não conseguia comer e emagreci 15 quilos, mas as pessoas do hospital foram maravilhosas. A moça da cozinha tentava fazer suco, vitamina, mingau e tudo mais para que eu pudesse me alimentar.
Eu perdi muita massa muscular e quando saí do hospital não podia andar, mas hoje me sinto curada. Ainda estou aguardando exames e tenho consulta com o médico que está me acompanhando. Tenho retorno marcado no dia 14 de setembro.
Estou bem, graças a Deus, estou ótima. Comecei a me alimentar em casa. Ainda não posso voltar para o exterior, devido às restrições de viagem, mas consegui superar a doença graças ao atendimento que tive e aos cuidados que recebi.


Jane Kliass Machado, primeira paciente diagnosticada com Covid-19 na Emergência do HU-UFSC/Ebserh