Notícias

DNIT contrata empresa para operação, manutenção e regularização das IP4s em Rondônia e Amazonas

Na segunda etapa de contratação as 26 infraestruturas aquaviárias recebem os serviços necessários para manter as operações em andamento
Publicado em 16/04/2021 08h44

IP4 de Alvarães

Com o objetivo de garantir mais segurança e conforto a todos que utilizam o transporte fluvial, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) publicou no dia 07 de abril o edital para prestação de serviços de operação, manutenção e regularização das IP4s nos estados de Rondônia e Amazonas. Dessa vez, as vinte e seis Instalações Portuárias Públicas de Pequeno Porte (IP4) foram agrupadas em 3 lotes e recebem os serviços necessários para manter as operações em andamento.

Com a nova etapa de contratação será possível realizar a remoção de toras e galhadas e apoio às operações das embarcações para garantir mais segurança, praticidade e celeridade no embarque e desembarque de passageiros e cargas. As IP4s presentes na região Norte exercem o importante papel de auxiliar no transporte de passageiros, escoamento de mercadorias e desenvolvimento das comunidades ribeirinhas.

Atualmente, o DNIT conta com 54 instalações portuárias na região amazônica divididas em seis lotes. Na primeira etapa foram vinte e oito pequenos portos que representam os lotes 1, 5 e 6. Agora na segunda fase estão os contratados dos lotes 2, 3 e 4.

O contrato de operação, manutenção e regularização das IP4 é uma das prioridades da Diretoria de Infraestrutura Aquaviária. O processo nas IP4s é realizado de forma mais eficiente e com os melhores resultados para os usuários. As IP4 representam a principal infraestrutura pública de transporte disponível, visto que a navegação pelos rios é a forma habitual de deslocamento na região.


Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT