Notícias

DNIT amplia canal do Porto de Rio Grande

Serviço possibilita a atualização das cartas náuticas pela primeira vez para as profundidades de 18 metros na parte externa e 16 metros na parte interna
Publicado em 30/06/2020 15h34

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realizou a ampliação do canal do Porto do Rio Grande, um dos portos mais importantes do país. A Autarquia é responsável pela fiscalização da dragagem de manutenção do canal de acesso ao complexo portuário. O serviço permite a navegação de navios com calado maior, garantindo mais profundidade para atracação de navios de carga e segurança para operações.

O local passou por obras para estabelecer a profundidade e assegurar que os principais armadores internacionais optem pelo Porto, local estratégico para o Brasil. A profundidade do Porto atingiu 18 metros na parte externa do canal de acesso e 16 metros na parte interna. Assim a Marinha do Brasil, em parceria com o DNIT, atualizou no mês de junho, pela primeira vez, as cartas náuticas do Porto.

Cerca de 42 milhões de toneladas de carga passam pelo Porto de Rio Grande a cada ano. As equipes do DNIT já emitiram o Termo de Recebimento Provisório (TRP) e obtiveram o aval dos órgãos responsáveis pelo Levantamento Hidrográfico.

O Porto de Rio Grande recebe e opera os maiores navios que escalam o Brasil, o local está pronto para operar navios de 366 metros. Até o momento já atracaram 274 navios maiores de 330 metros no Terminal de Contêineres (Tecon) do Rio Grande.

Produção - O Porto do Rio Grande está na ponta de um importante corredor logístico no sul do Brasil, uma rota de grande relevância para o escoamento da produção rumo à exportação. Para chegar até lá, os motoristas já contam com 83,7 quilômetros de pista duplicada na BR-116/RS, trabalho que está avançando e é prioritário para o DNIT. A rodovia também faz a ligação com o Uruguai, importante parceiro comercial do país.

Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT