Notícias

Militares e agentes conscientizam população ribeirinha sobre prevenção de queimadas no Pantanal

 

Brasília (DF), 31/07/2020 - No quinto dia de trabalhos em combate a focos de incêndio na região do Pantanal, no estado de Mato Grosso do Sul, o Ministério da Defesa, por meio de militares das Forças Armadas, deu continuidade às ações de conscientização e fiscalização às margens do Rio Paraguai. Na quinta-feira (30), embarcações da Marinha levaram militares da Polícia Militar Ambiental para orientar a população ribeirinha com relação a danos que podem ser provocados a partir de pequenas queimadas.

MD_NOTICIAS_20200731_NOT03_F00.jpeg

A Operação, conduzida pelo Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), sediado em Ladário (MS), reúne esforços da Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB), Força Aérea Brasileira (FAB), Corpo de Bombeiros de MS, Polícia Militar Ambiental e Ibama/Prevfogo.

No sábado (25), quando deflagrada a Operação Pantanal pelo Ministério da Defesa, o relatório do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) apontava 21 focos de incêndio em Ladário (MS) e Corumbá (MS). Em dois dias de ação, oito focos foram controlados. Contudo, novos pontos de queimadas foram contabilizados, ultrapassando os índices iniciais. Relatório emitido no dia 29 de julho mostrava apenas seis focos na região.

As aeronaves das Forças Armadas continuam atuando no combate direto aos focos de incêndio, com voos de reconhecimento, lançamento de água e transporte de bombeiros, brigadistas e militares.

Por Tenente Fraga, com informações do Com6ºDN
Fotos: Ten Barbieri – Ala 5/Divulgação Operação Pantanal

Saiba mais:
Operação integrada das Forças Armadas combate incêndio no Pantanal
Defesa continua apoiando órgãos do governo no combate a incêndio no Pantanal
Militares das Forças Armadas reforçam combate a incêndio no Pantanal

Confira os destaques da semana:

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071