Notícias

Desmatamento na Amazônia Legal é combatido sem interrupção

Publicado em 10/09/2020 18h28

 

Brasília (DF), 10/09/2020 – Por meio da Operação Verde Brasil 2, militares das Forças Armadas, juntamente com agentes públicos, atuam no combate ao desmatamento em diversas localidades do Estados do Amazonas, do Acre, de Roraima e de Rondônia. Estão envolvidos nas ações: IBAMA, ICMBio, Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas, Polícia Militar Ambiental do Amazonas, Força Nacional de Segurança Pública, Instituto de Meio Ambiente do Acre, Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Militar do Estado do Acre e Secretaria de Estado de Saúde do Acre.

O Comando Conjunto Amazônia (CCjA), por meio do 9º Distrito Naval, continua com inspeções e patrulhas navais em diversos rios, abrangendo várias localidades dos estados do Amazonas, de Roraima e de Rondônia. Militares, em apoio a agentes, inspecionaram e vistoriaram 149 embarcações e 143 veículos nessa quarta-feira (9). Nesse mesmo dia, foram combatidos 15 focos de incêndio na região.

O Comando Conjunto Norte (CCjN) atua em rios, nos estados do Amapá, do Maranhão e do Pará. Nessa quarta-feira, foi contabilizada a inspeção de 34 embarcações. Além disso, no mesmo dia, foram combatidos seis focos de incêndio em localidades dos estados do Pará e do Tocantins.

O Comando Conjunto Oeste (CCjO) faz patrulhamento terrestre com estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas, além de combate a focos de incêndio (PBCE) e de reconhecimento aéreo, entre outras ações, em Mato Grosso. Na quarta-feira, foram inspecionados 73 veículos e debelados sete focos de incêndio no estado.

Resultados

Desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em 11 de maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram 31,6 mil inspeções navais e terrestres, vistorias e revistas em embarcações, das quais 851 foram apreendidas. Nos postos de bloqueio e controle de estradas, foram retidos 328 veículos por irregularidades. Volume superior a 29,4 mil metros cúbicos de madeira ilegal também foi confiscado, bem como apreendidas 970 máquinas de serraria móvel, tratores, maquinário de mineração, balsas, dragas e acessórios. Até o momento, R$ 1.369.893.419,64 bilhão foi aplicado em multas e termos de infração.

Operação Verde Brasil 2

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pelo Ministério da Defesa. Está no escopo do Conselho Nacional da Amazônia (CNA), conselho regulado pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal. A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020. Em 9 de julho, a GLO foi renovada até 6 de novembro, por meio do decreto presidencial 10.421.

Para cumprir a determinação presidencial, o Ministério da Defesa ativou três Comandos Conjuntos. São eles: Comando Conjunto Norte (CCjN), Comando Conjunto Amazônia (CCjA) e Comando Conjunto Oeste (CCjO). O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), da FAB, dá suporte às ações aéreas, em caráter permanente. Assim como na Operação Verde Brasil ocorrida em 2019, o Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa coordena as atividades a partir da capital federal. Ainda participam da missão integrantes da Polícia Federal, Policia Rodoviária Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

Por: Tenente Flávia, com informações da Comunicação Social do Comando Conjunto Norte
Fotos: divulgação Forças Armadas

Para acessar fotos da Operação Verde Brasil 2, visite o Flickr da Operação

Saiba mais:
Forças Armadas combatem focos de incêndio na Floresta Nacional e em terras indígenas
Madeira ilegal e aeronaves são apreendidas em operações na Amazônia Legal
Infratores são presos durante combate ao desmatamento ilegal

Confira os destaques da semana:

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071