Notícias

Censipam apresenta mapa interativo de queimadas durante seminário

Sistema disponibiliza informações qualificadas de identificação de eventos de fogo, melhorando a orientação dos agentes em campo
Publicado em 28/06/2021 00h00 Atualizado em 28/06/2021 10h34
Imagem capa

Brasília, 28/06/2021 – O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) apresentou, na última quarta-feira (23/6), o mapa interativo de queimadas, novo serviço de identificação de eventos de fogo e de priorização para combate em campo. O lançamento ocorreu durante o Seminário para planejamento do combate às queimadas 2021 que aconteceu presencialmente no Centro de Coordenação Geral, em Brasília (DF) e, ao mesmo tempo de forma remota, para especialistas da área.

“A criação da plataforma do Censipam é uma iniciativa muito interessante, e acho que só vem agregar em todo esse contexto de combate às queimadas. É importantíssimo, principalmente, porque está tentando colher informações das pessoas que vão à campo, que estão atuando diretamente.”, afirmou o analista ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Lawrence Nóbrega.

O serviço de monitoramento de queimadas considera a combinação dos produtos de risco (suscetibilidade), rastreio (propagação) e danos (área queimada) e representa uma abordagem inovadora para as ações de comando e controle das agências, durante as operações de combate às queimadas/incêndios. “O que o Censipam está fazendo é possibilitando a priorização, tentando hierarquizar pontos importantes para a tomada de decisão, e muitas vezes nos incêndios florestais você precisa tomar a decisão muito rápido, então toda a informação que ajude a qualificar o foco de calor, é fundamental.”, ressaltou Lawrence.

“Este serviço é um marco no monitoramento por trazer uma nova abordagem. O novo sistema agrupa focos de calor por eventos de queimadas e/ou incêndios individuais, agregando, assim, informações qualificadas sobre o tipo de fogo e a sua propagação, melhorando a orientação dos agentes em campo”, salientou o diretor-geral do Censipam, Rafael Costa.

O assessor do Censipam em Porto Velho (RO) e um dos idealizadores da nova plataforma, Henrique Bernini, destacou o trabalho desenvolvido pelo grupo de queimadas do Censipam. “A maior preocupação da equipe é desenvolver o indicador de combate às queimadas e incêndios conjuntamente com as instituições que atuam na linha de frente.”, destacou Bernini.

O seminário

O objetivo do Seminário para planejamento do combate às queimadas 2021 foi coordenar ações das áreas temáticas com enfoque nas atividades de antecipação às queimadas no corrente ano. O primeiro dia de reunião contou com aproximadamente 900 visualizações no YouTube e os vídeos ainda estão disponíveis para visualização no Canal do Censipam.

O Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Sérgio José Pereira, realizou a abertura do evento, de forma virtual, representando o Ministro da Defesa Walter Souza Braga Netto. O evento contou, ainda, com a realização de uma mesa redonda com representantes dos nove Estados da Amazônia Legal e integrantes da esfera federal, a fim de dar ênfase ao levantamento das necessidades prioritárias de monitoramento de cada Estado.

Participaram como parceiros do evento: o Conselho Nacional da Amazônia Legal, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais (LASA) da Universidade Federal do Rio De Janeiro (UFRJ), o Projeto de Mapeamento anual do uso e cobertura da terra no Brasil (MapBiomas) e o Centro internacional de agricultura tropical, por meio do Projeto Servir-Amazonia da National Aeronautics and Space Administration (Nasa).
 

2-Censipam apresenta mapa interativo de queimadas durante seminário.jpeg

3-Censipam apresenta mapa interativo de queimadas durante seminário.jpeg

 

Por Juliana Mota
Fotos: Vinícius Gabriel

Assessoria de Comunicação do Censipam
Secretaria-Geral/Ministério da Defesa
comunicacaosocial@sipam.gov.br