Notícias

Cooperação institucional

CNEN e GSI promovem evento para discutir ferramentas para o aprimoramento da segurança física das instalações nucleares brasileiras

Publicado em 20/05/2021 14h43 Atualizado em 20/05/2021 16h22

   A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR) promovem, em parceria, seminário e reunião técnica, em formato virtual, para discutir a implantação da ferramenta Ameaça-Base de Projeto (ABP) no Programa Nuclear Brasileiro (PNB). A CNEN estará representada por sua Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear (DRS). O GSI/PR, por meio da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e do Departamento de Coordenação do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (DC/Sipron). O evento ocorre nos dias 24, 25 e 26 de maio e reunirá representantes de diversos órgãos, entre operadores nucleares, comunidade de inteligência, defesa e segurança pública.

  Estas atividades têm o propósito de facilitar a difusão e o intercâmbio seguro de conhecimentos, boas práticas, experiências e desafios relativos ao planejamento, desenvolvimento e implantação de uma sistemática de avaliação das ameaças às instalações nucleares brasileiras e operações de transporte de material nuclear realizadas em território nacional. Para isso, serão apresentadas ferramentas que representam o estado da arte no atendimento às recomendações internacionais (enfatizando-se a ABP), a forma de implantação em países com programas nucleares relevantes e as ações em curso pela autoridade reguladora, operadores nucleares e agências de inteligência a respeito do tema. O produto final da reunião será a consolidação de um Plano de Ação Conjunta que formalize e inicie o processo de avaliação de ameaças às instalações do PNB, conforme o tipo e o risco da instalação a proteger.