Notícias

Homenagem

Presidente Jair Bolsonaro recebe o Discóbolo de Mirón no Palácio do Planalto

A estatueta é a maior honraria da educação física no país e representa a força e o dinamismo característicos da profissão
Publicado em 02/09/2020 17h09
Foto: Rafael Carvalho/ Ministério da Cidadania

Foto: Rafael Carvalho/ Ministério da Cidadania

O presidente Jair Bolsonaro foi homenageado, na tarde desta quarta-feira (02.09), com o Discóbolo Mirón de ouro, maior honraria da educação física concedida no país. 

A estatueta do Discóbolo de Mirón, símbolo da educação física e que representa a força e o dinamismo característicos da profissão, foi entregue em cerimônia fechada no Palácio do Planalto. O evento contou com a participação do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni; do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, general Augusto Heleno; do secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães; do secretário adjunto da Secretaria Especial do Esporte, André Alves; e dos secretários Bruno Souza, da Secretaria Nacional de Alto Rendimento (Snear); e Fabíola Molina, da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), que integram a estrutura da Secretaria Especial do Esporte.

O Discóbolo de Ouro foi entregue pelo presidente do Conselho Regional de Educação Física da Primeira Região (CREF 1 - RJ), André Fernandes, que veio a Brasília acompanhado de diversos representantes de Conselhos Regionais de Educação Física.

O presidente Bolsonaro, formado em educação física pelo Exército, destacou a importância que os profissionais da área têm, não apenas como educadores, mas como agentes de saúde no país, e prometeu atuar para que a categoria seja fortalecida. “Entendo que temos que valorizar mais essa profissão e farei o que for possível para isso”, afirmou Jair Bolsonaro. “Estimulando a prática esportiva você investe em saúde”, continuou o presidente.

Para o ministro Onyx Lorenzoni, o papel dos profissionais de educação física é muito importante, principalmente pelo que eles representam para as camadas mais vulneráveis da sociedade. “Vocês cumprem um trabalho admirável. Muitas vezes, vocês são a única porta de saída para nossos jovens das áreas mais vulneráveis para que eles não percorram um caminho errado. Vocês fazem uma ponte entre uma vida muito complexa e difícil para que eles possam encontrar pelo esporte uma vida digna e honrada”, frisou o ministro.

“Acho que o encontro de hoje foi importante, além da homenagem, para mostrar a importância da educação física como uma unidade de saúde nos pontos onde ela é praticada, como, por exemplo, nas academias”, pontuou André Fernandes. “Esse caminho passa pelo fortalecimento da educação física escolar e pela manutenção da educação física como profissão regulamentada. O presidente foi extremamente receptivo e se comprometeu a ajudar em tudo o que for possível para fortalecer a educação física no país”, prosseguiu o presidente do CREF-1.

“Atualmente, o Brasil conta com mais de 450 mil profissionais de educação física registrados. Temos que valorizar esses profissionais, pois trata-se de uma carreira muito importante para o país e para nosso sistema de saúde. O fortalecimento do esporte escolar é um de nossos principais pilares e faremos o que for possível para que o profissional de educação física seja cada vez mais reconhecido no país”, afirmou o secretário Marcelo Magalhães.

Diretoria de Comunicação - Ministério da Cidadania