Notícias

Desporto Escolar

Pentacampeão mundial, Edmílson torna-se o 27º embaixador dos Jogos Escolares Brasileiros

Campeão na Copa de 2002 com a Seleção Brasileira, paulista junta-se a outros craques da bola como Zico, Thiago Silva, Emerson Sheik e Falcão, além de estrelas olímpicas e paralímpicas
Publicado em 02/06/2021 11h34 Atualizado em 02/06/2021 13h38

 

O paulista Edmílson, campeão da Copa do Mundo do Japão e Coreia do Sul em 2002 com a Seleção Brasileira, é o mais novo embaixador dos Jogos Escolares Brasileiros – JEB’s 2021. A competição será disputada no Rio de Janeiro, entre os dias 29 de outubro e 5 de novembro, e deverá reunir cerca de 6,2 mil crianças e jovens, entre 12 e 14 anos, de todas as 27 unidades da Federação.

Fui convidado para ser embaixador dos JEB’s 2021 e para mim é um enorme prazer participar porque quando comecei a jogar futebol eu participei muito desses jogos. Será um enorme prazer estar participando com essas feras do esporte”, afirmou o pentacampeão mundial.

Edmílson, campeão mundial de futebol e embaixador dos JEB's 2021

Revelado pelo XV de Jaú e com passagens por São Paulo, Lyon, Barcelona, Villarreal, Palmeiras, Zaragoza e Ceará, o ex-zagueiro e volante tem entre seus pontos altos no currículo o título da Champions League pelo Barcelona na temporada 2005/2006. Ele esteve nesta terça (01.06) com o secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, e aceitou o convite para juntar-se ao time de embaixadores da competição estudantil.

“Fiquei muito feliz e honrado com o convite que recebi do secretário Marcelo Magalhães. Fui convidado para ser o embaixador dos JEB’s 2021 e para mim é um enorme prazer participar porque quando comecei a jogar futebol eu participei muito desses jogos. Será um enorme prazer estar participando com essas feras do esporte”, afirmou o pentacampeão mundial.

“O Edmílson foi um atleta exemplar em campo e tudo o que conquistou em sua carreira é a prova de seu talento. Vencer uma Copa do Mundo é o sonho de todo jogador. Ele conseguiu isso e tem lugar garantido na história do futebol brasileiro e mundial. Tê-lo como um dos embaixadores dos JEB’s é motivo de orgulho. As crianças e jovens que disputarão os JEB’s certamente vão aprender e se inspirar com o convívio que terão com ele e com todas essas estrelas do esporte no Rio de Janeiro”, comemorou Marcelo Magalhães.

Edmílson torna-se a 27ª estrela do esporte nacional a integrar o time de embaixadores dos JEB’s, juntando-se aos astros do futebol Zico, Thiago Silva e Emerson Sheik e a estrela do futsal Falcão. Além deles, integram o time Tiago Camilo (medalhista olímpico no judô), Joaquim Cruz (campeão olímpico no atletismo), Nenê Hilário (17 anos pela NBA), Sandro Dias (multicampeão no skate), Daniel Dias (14 ouros em Jogos Paralímpicos na natação), Arthur Zanetti (campeão olímpico na ginástica artística), Serginho e Giba (campeões olímpicos no vôlei), André Domingos (medalhista olímpico no atletismo), José Aldo (bicampeão do UFC) e Renzo Gracie (mestre em jiu-jitsu) são embaixadores.

Entre as mulheres, o time de embaixadores conta com Daiane dos Santos (campeã mundial na ginástica artística), Natália Falavigna (campeã mundial e medalhista olímpica no taekwondo), Fofão (levantadora campeã olímpica pela Seleção Brasileira em 2008), Helen Luz (campeã mundial e medalhista olímpica no basquete), Maurren Maggi (única brasileira campeã olímpica no atletismo, com o título no salto em distância, em 2008), Jacqueline Silva (campeã olímpica no vôlei de praia em 1996), Mayra Aguiar (bicampeã mundial no judô e duas vezes medalhista olímpica) e Flávia Saraiva (destaque da seleção de ginástica artística).

A lista tem ainda três atletas olímpicos que atualmente trabalham na Secretaria Especial do Esporte: Bruno Souza, que disputou os Jogos de Atenas 2004 e Pequim 2008 no handebol, atual secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento (SNEAR); Fabíola Molina, nadadora que disputou as Olimpíadas de Sydney 2000, Pequim 2008 e Londres 2012, atual secretária nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS); e Luisa Parente, ginasta que disputou os Jogos de Seul 1988 e Barcelona 1992, atual secretária da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

Responsabilidade social

O secretário Marcelo Magalhães destacou ainda o trabalho social que o pentacampeão mundial realiza por meio da Fundação Edmílson em Taquaritinga, no interior paulista, onde nasceu. “Ele desenvolve um trabalho louvável com sua fundação, que já mudou a vida de mais de três mil crianças, jovens e adolescentes. O Edmílson é uma pessoa muito humana, que busca devolver para a sociedade um pouco de tudo o que o futebol lhe deu e faz isso com responsabilidade e consciência social. É um exemplo que merece ser seguido também fora de campo”, destacou o secretário.

A Fundação Edmílson foi criada em 2005, no mesmo campinho de futebol onde o pentacampeão Edmílson brincava quando criança. Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos, que atende alunos em contraturno escolar e que tem como objetivo fornecer um ambiente onde as crianças e jovens em situação de vulnerabilidade possam se desenvolver socialmente e intelectualmente por meio de atividades esportivas, culturais e de informática. Mais de 3.400 crianças e jovens já passaram pela fundação.

JEB’s 2021

Os Jogos Escolares Brasileiros de 2021 terão disputas oficiais em 17 modalidades: atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, vôlei, vôlei de praia, natação, tênis de mesa, xadrez, caratê, wrestling, ginástica artística, ginástica rítmica, badminton, ciclismo e taekwondo. Além disso, o evento contará disputas de skate, escalada, dança, curling e polo aquático como modalidades demonstrativas.

Todas as 27 unidades da Federação já confirmaram presença e a estimativa é de que 16 dos esportes do programa oficial tenham como palco o Parque Olímpico da Barra. O atletismo será em outro local porque não há pista oficial no Parque Olímpico. As alternativas são as instalações militares reformadas para os Jogos Rio 2016.

Os Jogos Escolares Brasileiros são organizados pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, e contam com o apoio da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ).

Diretoria de Comunicação