Notícias

Projeto Integra

Ministério da Cidadania participa de campanha global com clubes de todo o mundo para ajudar a localizar crianças desaparecidas

Nesta segunda (25.05), no Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, 170 clubes de 60 países e a Secretaria Especial do Esporte publicarão vídeos das crianças em suas redes sociais
Publicado em 22/05/2020 16h13 Atualizado em 23/05/2020 15h50

A Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, se juntará, nesta segunda-feira (25.05), no Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, a uma ação global promovida pela Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC). A iniciativa recebeu o apoio de mais de 170 clubes de todo o mundo.

O ICMEC é uma instituição com mais de 20 anos de atuação na proteção a crianças e a campanha, batizada de Football Cares (O Futebol se importa), terá foco nas crianças desaparecidas em todo o planeta. A iniciativa, além dos clubes de futebol, é apoiada pela Associação Europeia de Clubes (ECA) e pela FIFA.

Participar de uma ação desse tipo extrapola o esporte. É uma questão humanitária. Não poderíamos jamais deixar de incentivar algo dessa grandeza. Nossa esperança é que muitas crianças sejam localizadas”,

Ronaldo Lima, secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério da Cidadania

Na segunda-feira (25.05), as equipes que, juntas, representam mais de 60 países e ligas diferentes em todo o mundo compartilharão em suas redes sociais vídeos com imagens de crianças desaparecidas. Os dez clubes estrangeiros participantes com mais seguidores no Twitter – Barcelona, Liverpool, Chelsea, Juventus, Fenerbahçe, Milan, Bayern de Munique, Atlético de Madrid, Tottenham e Borussia Dortmund – somam, juntos, mais de 76 milhões de seguidores.

No Brasil, Flamengo, Grêmio, Santos, Corinthians, Vasco, Paysandu, Palmeiras, Paraná Clube, Internacional, Athletico Paranaense, Sport e Coritiba participarão da campanha. As redes da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania vão aderir, usando nos vídeos a logomarca do Projeto Integra Brasil.

“O futebol é uma paixão mundial. Cada um dos times que participa da campanha está conectado a milhões de pessoas apaixonadas e que acompanham a rotina de suas equipes”, ressalta Christiano Puppi, diretor do departamento de futebol da SNFDT. 

“Participar de uma ação desse tipo extrapola o esporte. É uma questão humanitária. Não poderíamos jamais deixar de incentivar algo dessa grandeza. Nossa esperança é que muitas crianças sejam localizadas, de modo que essas famílias possam ter esse sofrimento encerrado da melhor maneira possível”, afirma Ronaldo Lima, secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério da Cidadania.

Por intermédio do futebol, o Projeto Integra Brasil tem como objetivo sensibilizar, promover e enfrentar violações de direitos humanos, ampliar o acesso e o alcance da prática esportiva no país e prevenir o uso de álcool e outras drogas nos diversos espaços e ambientes esportivos. A iniciativa federal promove ações de inserção em estádios e também organiza eventos temáticos em regiões de vulnerabilidade social.

Outras informações sobre o trabalho do Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC) podem ser obtidas no endereço eletrônico da entidade

Ascom – Ministério da Cidadania