Notícias

Infraestutura Esportiva

Mil obras entregues: meta da Secretaria do Esporte para 2021 inteiro é antecipada em sete meses

Até esta segunda-feira (24.05), 1.005 estruturas para prática esportiva foram finalizadas em 26 Unidades da Federação, com investimento federal de R$ 453 milhões
Publicado em 25/05/2021 17h52
250520201_obras_infra_esportiva.jpg

Fotos: arquivo/Min. Cidadania

O Departamento de Infraestrutura de Esporte (DIE) da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania atingiu, nesta segunda-feira (24.05), uma marca que estava prevista para ser alcançada apenas no fim de 2021: mil obras de infraestrutura esportiva concluídas.

Termos concluído essas 1.005 obras antes do fim de maio é motivo de orgulho. São quadras poliesportivas, campos e estádios de futebol, complexos esportivos, ginásios, piscinas, pistas de skate e academias ao ar livre prontas para serem utilizadas pelas comunidades de 26 estados”

Marcelo Magalhães, secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania

Quando o ano teve início, a meta era reformar, adequar ou construir mil obras em todo o país. O ritmo do trabalho aliado a investimentos do Governo Federal permitiu que a meta estabelecida para o ano fosse abreviada em sete meses.

“Esse número representa muito para a Secretaria Especial do Esporte”, afirma o secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães. “Nós queremos e trabalhamos para que o Brasil se torne uma nação esportiva em todos os sentidos. Desde a base, com o desporto escolar, até o alto rendimento, passando pela prática frequente entre adultos, idosos e adolescentes. Para isso, é preciso fornecer equipamentos que possam ser acessados pela população em todos os estados e que permitam a prática esportiva em suas diversas naturezas”, prosseguiu.

São Paulo, com 120 obras, Minas Gerais (113), Rio Grande do Sul (105) e Bahia (99) foram os estados com o maior número de estruturas concluídas em 2021. A lista inclui as cinco regiões e apenas o Distrito Federal não aparece entre as Unidades da Federação com obras finalizadas em 2021. O investimento do Governo Federal nas 1.005 obras é de R$ 453,5 milhões.

“Termos concluído essas 1.005 obras antes do fim de maio é motivo de orgulho. São quadras poliesportivas, campos e estádios de futebol, complexos esportivos, ginásios, piscinas, pistas de skate e academias ao ar livre prontas para serem utilizadas pelas comunidades de 26 estados”, ressaltou o Marcelo Magalhães.

Diretor do Departamento de Infraestrutura de Esporte, Sandro Valverde lembra que, quando a atual gestão da Secretaria Especial do Esporte tomou posse, há pouco mais de um ano, havia um passivo de 4.233 contratos vigentes. Em 2020, 1.274 obras de infraestrutura esportiva foram concluídas. O ritmo de entregas ganhou força a partir de agosto. Nos últimos cinco meses do ano passado, 854 obras foram finalizadas.

Meta ampliada

De acordo com Sandro, uma vez que a meta de conclusão de mil obras foi atingida antes do final do primeiro semestre, isso permite avançar ainda mais no processo que tem como objetivo zerar o passivo de contratos.

“Estamos avançando na conclusão das obras em um ritmo que consideramos muito bom. Tínhamos uma meta quando o ano começou e conseguimos superá-la antes do fim do quinto mês. Nosso objetivo, agora, é concluir ao menos outras 600 até o fim do ano”, adianta.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania