Notícias

#ISSOÉCIDADANIA

Governo Federal entrega no Piauí 31 veículos para o Programa de Aquisição de Alimentos e distribui 17 mil cestas para famílias do estado

Investimento do Ministério da Cidadania ultrapassa os RS 5 milhões para a compra de caminhões e furgões. As cestas serão entregues a famílias em insegurança alimentar
Publicado em 31/05/2021 21h19 Atualizado em 02/06/2021 10h52


Na tarde desta segunda-feira (31.05), o ministro da Cidadania, João Roma, participou do evento #IssoÉCidadania, em Teresina, no Piauí, para mais entregas do Governo Federal destinadas ao fortalecimento da rede socioassistencial e à redução da vulnerabilidade alimentar no Brasil. Na cerimônia, o vice-presidente da Associação Piauiense de Municípios e prefeito de Curimatá, Valdecir Rodrigues de Albuquerque Junior, recebeu a chave simbólica dos 31 veículos, entre furgões e caminhões, que serão distribuídos a municípios piauienses. Cinco famílias inscritas no Cadastro Único representaram as demais que receberão as 17 mil cestas.

A cerimônia contou ainda com a presença da secretária nacional de Assistência Social do Ministério da Cidadania, Maria Yvelônia; do prefeito de Teresina, José Pessoa Leal; dos senadores Ciro Nogueira e Elmano Férrer; dos deputados federais Flávio Nogueira, Júlio César, Átila Lira e Margarete Coelho; do presidente da Fecomércio SESC SENAC no Piauí, Dênis Cavalcante; do vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Francisco Valdeci de Sousa; e do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Antônio José de Morais Souza Filho.

O objetivo da entrega dos veículos é tornar cada vez mais eficiente a coleta e a distribuição de produtos da agricultura familiar e de pequenos produtores cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), garantindo a qualidade dos alimentos que chegam a famílias e instituições cadastradas na rede SUAS – Sistema Único de Assistência Social. Outra melhora se dará na integração de circuitos locais de produção, abastecimento e consumo de alimentos.

Fotos: Júlio Dutra/Min. Cidadania

Após visita à prefeitura de Teresina, João Roma discursou no evento, destacando a importância das ações do Governo Federal no fomento à agricultura familiar: “Tenho certeza de que, com a mão estendida do Estado, podemos unir forças para que as pessoas tenham segurança para garantir a compra da sua produção. Isso vai estimular pais e mães a orgulhar suas famílias, cada vez produzir mais, ascender sua situação social e, assim, buscar melhor qualidade de vida. É isso que desejamos para todos os brasileiros”.

Sobre a entrega das cestas de alimentos, o ministro ressaltou a necessidade de ajudar quem mais precisa: “Precisamos, sim, compensar aqueles que necessitam de uma ação mais atenciosa do Estado brasileiro. É isso que estamos fazendo”.

Cada prefeitura será contemplada com um veículo. No total, serão 18 caminhões e 13 furgões, beneficiando cerca de 25 mil agricultores que fornecem alimentos para o PAA. O investimento do Ministério da Cidadania é de R$ 5 milhões.

O vice-presidente da Associação Piauiense de Municípios e prefeito de Curimatá, Valdecir Junior, falou sobre o impacto positivo do PAA e dos veículos novos nos 31 municípios: “Esse programa, que direciona a aquisição de alimentos, tira toda a burocracia e faz com que agricultores, cooperativas e associações possam vender seus produtos diretamente a órgãos públicos. Com isso, construímos uma cadeia alimentar, criando milhares de elos que vão proporcionar o desenvolvimento da economia, principalmente daquelas pessoas que mais precisam”.

O Termo de Doação de 13 furgões foi assinado pelo ministro e pelo senador Ciro Nogueira, assim como a Assinatura do Termo de Doação de dois veículos para atuação na redução de demanda de drogas pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred).

Fotos: Júlio Dutra/Min. Cidadania

Brasil Fraterno

A Iniciativa Brasil Fraterno, rede de solidariedade criada em março pelo Ministério da Cidadania, conta também com a parceria do Sistema S e da iniciativa privada, formando outro braço da iniciativa, o Brasil Fraterno Indústria. A rede está aberta para receber novos parceiros e ampliar cada vez mais o trabalho de levar alimentos, em caráter emergencial, à população carente.

Serão distribuídas no Piauí mais de 17 mil cestas de alimentos, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) destinou 10 mil cestas; a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) arrecadou 5,1 mil cestas; e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Serviço Nacional de Aprendiz Rural (Senar) destinaram duas mil cestas.

Vilma da Costa é diarista e vive com os dois filhos. Ela recebeu o convite para receber a cesta por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Ela afirmou que os alimentos farão diferença nas refeições de sua casa. “Essa cesta é muito importante. Com a crise que a gente está passando, ficou muito difícil. Meu filho também não tem carteira assinada. E, com essa pandemia, tudo fica mais difícil.”

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania