Notícias

Auxílio Emergencial 2021

Calendário de saques da quinta parcela do Auxílio Emergencial segue durante toda a semana

Os aniversariantes de julho poderão retirar o benefício das contas sociais a partir desta segunda-feira. Cronograma vai até a sexta-feira para quem nasceu em novembro
Publicado em 13/09/2021 13h36
auxilio_emergencial_1150B.jpg

Foto: Agência Brasil

Os aniversariantes de julho poderão sacar a quinta parcela do Auxílio Emergencial 2021 a partir desta segunda-feira (13/09). São 2,22 milhões de trabalhadores beneficiados que se inscreveram no programa pelos meios digitais ou integram o Cadastro Único. Eles receberam R$ 461 milhões em transferências durante agosto.

É mais uma etapa do Auxílio Emergencial 2021 sendo cumprida. Ao mesmo tempo, o Governo Federal tem trabalhado para gerar todas as condições de colocar em prática o Auxílio Brasil a partir de novembro, dando um passo além na emancipação das famílias”

João Roma, ministro da Cidadania

O calendário de saques da quinta parcela do Auxílio Emergencial vai até o dia 20 de setembro para quem nasceu no último mês do ano. Durante a semana, quem faz aniversário em agosto, setembro, outubro e novembro poderá sacar o dinheiro das contas sociais a partir da terça, quarta, quinta e sexta-feiras, respectivamente. (confira o cronograma completo abaixo).

“É mais uma etapa do Auxílio Emergencial 2021 sendo cumprida. Ao mesmo tempo, o Governo Federal tem trabalhado de forma incansável para gerar todas as condições de colocar em prática o Auxílio Brasil a partir de novembro, dando um passo além do Auxílio Emergencial para a emancipação das famílias beneficiadas”, destacou João Roma, ministro da Cidadania.

Com o término das transferências nas contas digitais no dia 31 de agosto, o total investido nesta etapa do programa foi de R$ 5,43 bilhões para 26,18 milhões de pessoas. Essa foi a primeira fase de transferências da prorrogação do benefício, previsto inicialmente para ter quatro parcelas, mas que agora terá sete, conforme estipulado no Decreto 10.740 do dia 5 de julho.

Sexta parcela

As transferências da sexta parcela vão de 21 de setembro a 3 de outubro, enquanto os saques serão realizados de 4 a 19 de outubro. Já o pagamento da sétima parcela vai de 20 a 31 de outubro, com saques no período de 1 a 19 de novembro.

A fim de custear os gastos com a concessão e a operacionalização da prorrogação do Auxílio Emergencial 2021, o presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória nº 1.056, que abriu crédito extraordinário de R$ 20,27 bilhões em favor do Ministério da Cidadania.

O Auxílio Emergencial 2021 é limitado a uma pessoa por família. Mulher chefe de família monoparental tem direito a R$ 375, e indivíduo que mora sozinho (família unipessoal) recebe R$ 150. A cota para os demais é de R$ 250.

O modelo de escalonamento das transferências e saques, adotado no ano passado, segue sendo executado em 2021, com o objetivo de evitar filas e aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal e nas lotéricas.

Após os pagamentos da quinta, sexta e sétima parcelas do Auxílio Emergencial 2021, que serão realizados em agosto, setembro e outubro, o Governo Federal dará início ao Auxílio Brasil. As diretrizes do novo programa social foram definidas na Medida Provisória nº 1.061, entregue pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ao Congresso Nacional no dia 9 de agosto.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania