Notícias

Assistência Social

Bolsa Família de julho começa a ser pago nesta segunda-feira (19.07) a 14,69 milhões de famílias

Folha de pagamento do mês é de R$ 4,13 bilhões de investimento federal. São 9,48 milhões de famílias que receberão a quarta parcela do Auxílio Emergencial 2021
Publicado em 19/07/2021 21h24 Atualizado em 20/07/2021 17h31

O Governo Federal iniciou nesta segunda-feira (19.07) o pagamento do Programa Bolsa Família (PBF) para quem tem Número de Identificação Social (NIS) com final 1. O cronograma de repasses segue até 30 de julho. Ao todo, 14,69 milhões de famílias serão beneficiadas neste mês, igualando o maior número da história do programa, que foi registrado também em maio e junho.

Nesse grupo, quase 9,48 milhões de famílias receberão a quarta parcela do Auxílio Emergencial 2021. Na última quinta-feira (15.07), o Ministério da Cidadania já havia antecipado o calendário de transferências e saques para o público inscrito no Auxílio via canais digitais e do Cadastro Único.

» Confira a folha completa de pagamentos do Bolsa Família em julho de 2021

Para chegar às 9,48 milhões de famílias do PBF que terão acesso ao Auxílio Emergencial, o valor da folha de pagamentos será de R$ 2,9 bilhões, com benefício médio de R$ 305,97. A maior parte (mais de 50%) é composta por mulheres chefes de famílias, que receberão R$ 375. Em seguida (33,1% da folha) vêm os beneficiários que receberão o valor padrão de R$ 250. Outras 15,5% das famílias são unipessoais, e cada uma receberá R$ 150.

Outras 5,21 milhões de famílias não foram consideradas elegíveis ao Auxílio Emergencial e continuarão a receber o benefício usual do Bolsa Família. Nesse caso, o valor da folha de pagamento é de R$ 1,23 bilhão, com benefício médio de R$ 236,81.

De acordo com a legislação, o público do PBF recebe o Auxílio Emergencial se existirem pessoas no grupo familiar que atendam aos critérios de elegibilidade e caso o valor do Auxílio seja mais vantajoso que a quantia recebida pelo programa de transferência de renda.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania