Sobre a OCDE

A OCDE é um organismo internacional fundado em dezembro de 1961 e que sucedeu a Organização para a Cooperação Econômica Europeia. O principal objetivo da Organização é promover “políticas melhores para vidas melhores”, com foco na melhoria da governança global por meio da promoção do diálogo, da identificação de boas práticas internacionais e de solução para problemas comuns nas mais diversas áreas de políticas públicas.

Desde a sua fundação, a OCDE tem desenvolvido diretrizes e padrões de políticas públicas. Atualmente, a Organização conta com 245 instrumentos legais que constituem o chamado "acquis" (acervo) de normas da OCDE (Instrumentos Legais). Esses instrumentos são elaborados nos comitês técnicos e aprovados pelo Conselho de Ministros.

A OCDE é um relevante organismo internacional que goza de ampla credibilidade internacional e é constituído por 36 países-membros, além de contar, no âmbito das suas discussões, com diversos países não membros.

Os países que fazem parte da Organização são: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Chile, Coréia do Sul, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Japão, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, México, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia, Suíça e Turquia.

A Colômbia já foi aceita como membro, mas aguarda a ratificação da adesão pelo Congresso. Costa Rica encontra-se atualmente em processo de acessão à Organização.