ARMAZENAGEM E COMERCIALIZAÇÃO

Publicado em 16/06/2020 11h41 Atualizado em 17/06/2020 14h16

ARMAZENAGEM

 

O Plano vai incentivar a construção de armazéns nas propriedades e, para isso, destina R$ 2,2 bilhões.

Para o financiamento de armazéns com capacidade de até 6 mil toneladas, nas propriedades, a taxa de juros é de 5% ao ano.

Atualmente, a capacidade de armazenagem nas propriedades é de 15% da produção no Brasil, enquanto nos Estados Unidos é de 35%. 

COMERCIALIZAÇÃO 

 

Além do crédito rural, estão previstos R$ 2,37 bilhões para apoio à comercialização da safra por meio de AGF, Contratos de Opções, PEP e PROP.