AgroResidência - Programa de Residência Profissional Agrícola

Conheça mais sobre o programa que desenvolve ações voltadas para jovens profissionais de ciências agrárias e afins
Publicado em 03/09/2020 17h14

Destinado à qualificação de jovens estudantes e recém-egressos dos cursos de ciências agrárias e afins, o AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola apoia projetos de residência elaborados e coordenados por Instituições de Ensino. Esta política pública se caracteriza pela inserção dos beneficiários no ambiente real de trabalho, por meio de treinamento prático, orientado e supervisionado, propiciando o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao exercício profissional.

O programa visa aproximar e fortalecer a relação do universo acadêmico com a realidade da agricultura brasileira, contribuindo para a formação de profissionais capazes de dar respostas às demandas colocadas pelos diferentes seguimentos do setor produtivo agrícola, ao mesmo tempo que busca desenvolver nos alunos o senso de responsabilidade ética, por meio do exercício de atividades profissionais, direcionando-os para uma vida cidadã e para o trabalho.     

A Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), por intermédio do seu Departamento de Desenvolvimento Comunitário, é responsável por coordenar as ações de implementação do AgroResidência - Programa de Residência Profissional Agrícola, instituído pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Portaria nº 193, de 16 de junho de 2020.

BENEFICIÁRIOS
O AgroResidêcia é voltado para jovens, com idades entre 15 e 29 anos, estudantes ou recém-egressos de cursos de nível médio ou superior de ciências agrária e afins. Os estudantes deverão ter cursado todas as disciplinas e os egressos deverão ter concluído o curso há, no máximo, 12 meses.

 

COMO FUNCIONA        
Por meio do programa são custeadas bolsas para residentes e professores orientadores, havendo a possibilidade, em alguns casos, de custeio de bolsa para coordenador técnico e administrativo do Programa. O AgroResidência prevê ainda custos com a participação dos residentes, professor orientador, técnico orientador e de colaboradores eventuais em reuniões, oficinas, seminários, congressos e afins.

 

COMO PARTICIPAR       
Por meio de Editais de Chamamento Público, o Ministério da Agricultura seleciona propostas de projetos, apresentadas por Instituições de Ensino de todo o país, voltadas para a qualificação técnica dos estudantes. Após a conclusão do processo de seleção, o resultado é divulgado no portal do Mapa. Os jovens interessados na residência profissional agrícola devem entrar em contato com as Instituições Ensino contempladas pelos editais para obter informações sobre a seleção de residentes. Cada Instituição é responsável por determinar os próprios critérios e procedimentos de seleção, respeitando o estabelecido pelo Programa.

 

UNIDADES RESIDENTES
São consideras Unidades Residentes, para a realização das atividades, fazendas ou unidades de produção, empresas do agronegócio, cooperativas, empresas de assistência técnica, nacionais ou internacionais, da administração direta e indireta, e a sociedade civil organizada.

 

RESULTADOS ESPERADOS

  • Jovens profissionais mais preparados para responder às demandas do agronegócio brasileiro;
  • Redução do desemprego entre jovens de 15 a 29 anos;
  • Melhoria da qualidade dos serviços prestados pelos profissionais das áreas de ciências agrárias e afins; 
  • Maior produtividade e competitividade do agronegócio brasileiro; e
  • Aproximação das instituições de ensino da realidade vivenciada pelos diversos agentes do agronegócio brasileiro.

 

LEGISLAÇÃO, MANUAL E EDITAIS PUBLICADOS

Portaria nº 193/2020 - Institui o programa de governo AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola, define suas diretrizes, instrumentos de implementação, instâncias de gestão e dá outras providências.

- Edital de Chamamento Público Nº 01/2020 – Seleciona propostas de projetos, de Instituições de Ensino Público Federais, voltados para a qualificação técnica de estudantes e recém-egressos de cursos de ciências agrárias e afins, de nível médio e superior.

- Manual do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola - Apresenta as diretrizes e os critérios de participação, recomendações relativas à coordenação e gestão, além informações gerais sobre o programa.

 

COMO OBTER MAIS INFORMAÇÕES

Maiores informações poderão ser obtidas pelo e-mail: