AgroResidência – PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PROFISSIONAL AGRÍCOLA – EDITAL DE SELEÇÃO

Está aberto o primeiro edital do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola.
Publicado em 25/06/2020 12h51 Atualizado em 30/06/2020 16h43
O objetivo é selecionar propostas de projetos de instituições de ensino públicas federais voltados para a qualificação técnica de estudantes e recém-egressos de cursos de ciências agrárias e afins, de nível médio e superior. Confira aqui todas as informações!

QUEM PODE PARTICIPAR

Podem participar como proponentes as Instituições de Ensino Público Federais, vinculadas à Administração Pública Federal.


APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS E PERÍODO PARA ENVIO

As propostas de Projetos deverão ser enviadas à comissão de seleção e avaliação de projetos, em formato PDF, por meio de e-mail da instituição de ensino proponente, para o endereço eletrônico programa.residencia@agricultura.gov.br, com a designação do assunto no e-mail “EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N° 01/2020”.

As propostas podem ser enviadas de 29 de junho a 17 de agosto de 2020. 

Para auxiliar as instituições que desejam participar da seleção, o Mapa elaborou o Manual do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola, que apresenta diretrizes e critérios para participação, roteiro para elaboração de projetos, informações relativas à gestão e avaliação das atividades e outros.     

   >> Clique aqui para acessar o Manual do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola


BENEFICIÁRIOS DOS PROJETOS DE RESIDÊNCIA PROFISSIONAL AGRÍCOLA

Os projetos devem ter como público alvo, jovens com idades entre 15 e 29 anos, estudantes de nível médio ou superior e recém-egressos de cursos de ciências agrária e afins:

  • Os estudantes deverão ter cursado todas as disciplinas do curso;
  • Os recém-egressos deverão ter concluído o curso há, no máximo, 12 (doze) meses

RECURSOS

No total, serão aplicados R$ 17,1 milhões para financiar as propostas selecionadas pelo período de dois anos.


ATIVIDADES FINANCIÁVEIS

Nessa primeira chamada os recursos financeiros podem ser utilizados no custeio de:

I) bolsa para os residentes:    
a) oriundos de cursos técnicos de nível médio, correspondente ao valor mensal unitário de R$ 900,00   
b) oriundos de curso de nível superior, correspondente ao valor mensal unitário de R$ 1.200,00

II) bolsa para os professores orientadores, correspondente ao valor mensal e unitário de R$ 200,00 por cada jovem orientado            

III) despesas com a participação dos alunos residentes, professores orientadores, técnicos orientadores e de colaboradores eventuais em reuniões, oficinas, seminários, congressos e afins

IV) outras despesas de custeio para a execução das atividades afins.


UNIDADES RESIDENTES

São consideras Unidades Residentes, para a realização das atividades, fazendas ou unidades de produção, empresas do agronegócio, cooperativas, empresas de assistência técnica, nacionais ou internacionais, da administração direta e indireta, e a sociedade civil organizada.        

  >> Veja aqui o edital do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola

O PROGRAMA 

A Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), por intermédio de seu Departamento de Desenvolvimento Comunitário, coordena as ações de implementação do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola, instituído pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Portaria MAPA nº 193, de 16 de junho de 2020.

O Programa é destinado à qualificação de jovens estudantes e recém-egressos dos cursos de ciências agrárias e afins, e se caracteriza pela inserção dos residentes no ambiente real de trabalho, por meio de treinamento prático, orientado e supervisionado, propiciando o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao exercício profissional.

Além de proporcionar a qualificação dos residentes, a nova política pública visa aproximar e fortalecer a relação do universo acadêmico com a realidade da agricultura brasileira, contribuindo para a formação de profissionais capazes de dar respostas às demandas colocadas pelos diferentes seguimentos setor produtivo agrícola.

  >> Veja aqui a Portaria nº 193/2020, que institui o AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola       

Mais informações pelo e-mail: